quinta-feira, 1 de fevereiro de 2007

Há 17 anos...

É certo que tinha apenas 11 anos, mas ficam imagens do entusiasmo, o nervosismo de alguém que finalmente realizava o sonho da vida. Não é claro o dia, nem hora, mas momentos deste começo da caminhada para a sua ascensão.
Lembro das cassetes gravadas com os teus primeiros noticiários nocturnos, que ouvíamos depois (já dia) com a novidade de te sentir assim de longe, mas tão pertinho. As pequenas “gaffes” de quem começa um pouco solitário numa vida que sempre desejou.
Sei que tiveste noites duras de passar, imagino a saudade da vista que te acompanhou nas longas noites que passadas na torre que te viu crescer como jornalista e acima de tudo como pessoa.
Os mimos ao mano aumentaram nessa altura, horas trocadas, dias do avesso, a lua ao acordar, o sol para adormecer.
Lembrar-me-ei sempre deste teu começo com orgulho, de quem nunca parou de lutar, mesmo quando parecia que a vida não acompanhava a vontade, agarrando sem hesitar a sorte que te piscava o olho.
Aprendi muito ao ver-te nascer no mundo da rádio, do jornalismo, da televisão...da comunicação.
Ainda hoje...um orgulho o meu irmão.

5 comentários:

MRG disse...

Delicioso!!!
Sou filha única e invejo a vossa cumplicidade. O que eu gostava de ter um irmão/ã!
As maiores felicidades do mundo.

P disse...

;-)Agora comoveste-me pá!
Beijinhos. Obrigado por tudo.

BlueAngel disse...

Sou filha única, mas acho que se tivesse irmãs ou irmãos teríamos uma cumplicidade assim como a vossa. Tão bonita a vossa relação. Eu sonho... que poderia ser assim. Tudo de bom para a nova fase que vais passar a viver. :-)

Anónimo disse...

Olá andava a nevegar na net e por acaso encontrei o teu blog que gostei.tambem tenho e deixo aqui caso queira vizitar.
http://avidabela-anngell.blogspot.com/

anngell night

Patrícia Costa Mateiro disse...

Este texto comoveu-me bastante. Muito bonita a vossa cumplicidade.